Avisos Paroquiais
Receba nosso informativo diretamente em seu e-mail.
CHAMADOS A CONVERSÃO

25/01/2015

A vida pública de Jesus inicia-se com a proclamação do tempo de conversão. A Boa-Nova de Deus marca um novo tempo, o tempo de conversão: “O tempo já se completou e o Reino de Deus está próximo.

Convertei-vos e crede no Evangelho” (Mc 1,14-20).
O mesmo tema, o tempo de conversão, está presente na primeira leitura. O convite à conversão estende-se a todos os povos. São Paulo lembra que o tempo da vida é breve e deve ser aproveitado para a pessoa ocupar-se do mais necessário, das coisas que permanecem.

Toda a nossa vida deve ser marcada pela conversão; o ano todo é tempo de conversão; a vida toda é tempo de conversão. Converter-se significa crer no Evangelho. Crer, no sentido forte da Sagrada Escritura.

Significa pautar a nossa vida segundo os ensinamentos e os exemplos do próprio Cristo, em relação a Deus, como seus filhos, em relação ao próximo, como nosso irmão e irmã e em relação a
toda a natureza criada, como senhores e senhoras da natureza.

Somos todos chamados a permanecer com o Senhor. Somos convidados, como Simão e André, a aceitar o convite de Jesus: “Segui-me e eu vos tornarei pescadores de homens”. Entramos no discipulado de Jesus se fizermos como Tiago e João: “Jesus os chamou. E eles, deixando o pai Zebedeu no barco com os empregados, o seguiram”.

O início da conversão marca a vida de uma pessoa, pois ele instaura um novo tempo, o tempo da graça, o tempo da vida nova em Cristo, o tempo da salvação. Assim, este Domingo deveria marcar-nos profundamente, pois somos convidados a transformar este ano num frutuoso tempo de conversão. Que o Espírito Santo nos ajude a entrar no discipulado de Jesus Cristo. (Extraído do Livro: Viver em Cristo - Frei Alberto Beckhäuser) Amilton Gonçalves Cruz - Instituto Franz de Castro Holzwarth

Voltar

 
| Política de privacidade © 2009 Paróquia São Sebastião. Todos os direitos reservados.