Avisos Paroquiais
Receba nosso informativo diretamente em seu e-mail.
Cidadania

21/01/2011

O
Você conhece o processo político recente do nosso país?

O Brasil, nos últimos anos, passou por uma reviravolta política que influenciou a moda, a musica, a arte, etc.

Até o inicio da década de 80, vivíamos sob o regime militar onde os presidentes eram eleitos pelo voto indireto.


Em 1984 surgiu o movimento das “diretas já” que acabou por eleger o primeiro presidente civil através do voto direto: Tancredo Neves.

Infelizmente, as vésperas de tomar posse de sua nova função, que daria inicio a tão sonhada democracia, veio o inesperado: teve que às pressas de ser internado e no dia 21 de abril de 1985 deu-se o seu falecimento.

Tancredo era mineiro e coincidência ou não, ele veio a falecer num dia em que anos atrás um outro mineiro e idealizador político fora martirizado devido a sua luta na Inconfidência mineira. (Tancredo e Tiradentes como era chamado) tornarem-se ícones por fazerem parte de processos de mudanças políticas em nosso país.

Com a morte de Tancredo, assume em seu lugar o então vice-presidente José Sarney dando inicio definitivamente a democracia, e com ela as sucessões de planos econômicos que visavam controlar a inflação do país e quem sabe poder sonhar com o extermínio da divida externa (herança do império).

Após Sarney veio Fernando Collor de Melo, um presidente com o estereotipo de jovem boa praça, atleta, caçador de marajás, mas que acabou por nos decepcionar devido aos escândalos no seu governo que culminou num processo de impeacheman, levando um outro vice a assumir a presidência de nossa republica: Itamar Franco.

Com o fim da gestão de Itamar, entra Fernando Henrique Cardoso, um homem diplomado em sociologia, um político diplomático e que permanece no governo por oito anos consecutivos devido a um projeto de lei que dava o direito ao atual presidente da republica de concorrer novamente ao cargo, ou seja, de se reeleger. E se FHC foi reeleito é por que seu governo fora aprovado pela grande maioria da população.

Com o fim da era FHC, é eleito o primeiro presidente vindo da oposição: Luiz Inácio Lula da Silva, um ex-metalúrgico de São Bernardo do Campo, onde sempre estava protestando em movimentos grevistas pelos direitos dos trabalhadores.

Em todas as eleições em que disputou, Lula sempre ficava em segundo lugar, mas com o tempo o seu partido foi ganhando força e conquistando inúmeras prefeituras até que nas ultimas eleições presidenciais, foi lhe dado uma chance e acabou sendo o presidente com o maior número de votos desde o inicio da democracia. Seu governo trouxe resultados positivos e foi aprovado pela população, mesmo sofrendo algumas crises internas durante o seu mandato.

Este ano de 2011 que se inicia, entra um novo presidente, ou melhor, uma presidenta, e nós brasileiros queremos ter mais melhorias, mas para tal não podemos deixar de fiscalizar tudo que os nossos representantes fazem por nós, seja no nosso município ou na câmara dos deputados, etc.

Eles foram eleitos para servir a pátria, para promover melhorias no país, para ser os nossos representantes.

Devemos ter consciência de que o nosso país só irá obter mais melhorias se soubermos exigir nossos direitos, buscar se informar sobre o que ocorre em nossas cidades, estado, etc.

Tem-se muito a fazer, e certamente não dará para fazê-lo 100%, mas dá para melhorar sim, mas para isso temos que ter ciência do que falta e não só cobrar, mas também contribuir como um bom cidadão ciente de seus deveres cívicos.

Se quisermos realmente melhorias, temos que agir em conjunto com o governo e não ser condizente com o que os nossos servidores fazem para se auto beneficiarem.

Rejane de Fátima Travaioli
Psicóloga clínica

Voltar

 
| Política de privacidade © 2009 Paróquia São Sebastião. Todos os direitos reservados.