Avisos Paroquiais
Receba nosso informativo diretamente em seu e-mail.
Viver a Vida

09/11/2010

Neste mundo apressado em que vivemos, uma grotesca camada rudimentar cerca nossas vidas ofuscando nossa visão e impedindo assim de se ver e viver os detalhes importantes e saudáveis da vida.

Hoje quase ninguém tem personalidade própria. Ter personalidade propria é conjugar o verbo na primeira pessoa dizendo de forma convicta: Eu vou! Eu quero! A maioria, falando em português claro: serão meros  fantoches, pois além de ficar preso a uma rotina já imposta naturalmente para todos pelo decorrer da vida (trabalhar, estudar, constituir familia), acabará por permitir por exemplo que modismos o impeça de seguir o próprio pensamento deixando a sua rotina sem vida.

Todos precisam trabalhar e estudar, enfim tem lá os seus compromissos, mas há uma maneira de como viver essa rotina sem perder o brilho da vida e nem a própria autonomia, pois assim...

- deixa-se de lutar por ideais próprios;
- de fazer o curso você acha super interessante;
- de usar uma roupa que não está mais na moda mas que  você adora;
- de brincar como se fosse uma criança junto com o seu filho;
- fazer uma surpresa para a esposa sem ser data especial;
- de  realizar passeios agradáveis;
- comer aquela comida que a muito você não come;
- fazer uma “festinha” com os amigos em sua casa só para jogar papo furado;
-  etc.

A justificativa? Bom, quando não é a famosa “falta de tempo” e ou disposição é o desejo de não ir de contra a toda humanidade!

No dia em que Deus nos chamar, tudo ficará por aqui, para o deleite de outras pessoas, ao menos que  estas também arrumem justificativas e ou empecilho para não  “viver” a vida.

Contratempos... quem não os tem? Problemas particulares? Mostre-me um que não tenha nenhum tipo de problema.

A questão é: como lidar com nossas dificuldades no decorrer da vida que tanto nos martiriza?

Viva a vida! Curta os instantes sutis que sempre aparecem, mas que insiste em não querer enxergar, arranje pretexto para fazer algo que VOCÊ goste:

- Compre a roupa nova que tanto quer;
- Se arrume nem que seja para ir na padaria;
- Dance como se fosse a 1ª bailarina do teatro municipal;
- Vá no cinema em plena segunda feira;
- Ria da piada mesmo que seja sem graça;
- Se o problema é dinheiro, dê uma volta no parque da cidade, não custa nada e é relaxante por estar em meio a natureza;
- Compre um presente para sua mãe e ou esposa sem ser data festiva;
- Chore se tiver que chorar e ria se tiver que rir;
- Caminhe descalça de baixo de chuva;
- Não tenha vergonha de ser você mesmo;
- Curta a vida!

Se sua vida não tiver brilho próprio, infelizmente em sua lápide estará escrito “aqui jaz uma pessoa que não soube viver a vida por não ter tido  tempo”.

A música “Epitáfio” do grupo Titãs fala bem disso e quando você arrumar um tempo, procure refletir ao menos  essa parte da letra.

“Devia ter amado mais
Ter chorado mais
Ter visto o sol nascer
Devia ter arriscado mais e até errado mais
Ter feito o que eu queria fazer
Queria ter aceitado as pessoas como elas são
Cada um sabe a alegria e a dor que traz no coração”


Rejane de Fátima Travaioli
Psicóloga Clínica

Voltar

 
| Política de privacidade © 2009 Paróquia São Sebastião. Todos os direitos reservados.