Avisos Paroquiais
Receba nosso informativo diretamente em seu e-mail.
DESLUMBRAMENTO

14/07/2010

No mundo de hoje a grande maioria dos jovens tem acesso a cursos profissionalizantes e outros como, por exemplo, a línguas estrangeiras que só vem acrescentar o seu currículo escolar e conseqüentemente o profissional já que tal será posteriormente o diferencial na disputa de uma vaga de emprego.

As crianças desde cedo já vão sendo preparadas para enfrentar o mercado de trabalho, até por que, tudo gira em torno do dinheiro, portanto quanto mais cedo se encontrar preparado, melhor será a ocupação na área profissional e melhores condições financeiras poderão obter com o “suor” de seu trabalho.

O grande perigo é que muitas crianças são “entupidas” de cursos extracurriculares por seus pais que julgam estar beneficiando seus filhos, o que de fato está, mas de forma incorreta e por que não abusiva. Obviamente que nos dias de hoje o preparo profissional deve ser feita da melhor maneira possível, mas sem exageros.

Nessa história toda muitos pais querem se realizar em seus filhos. Quantos adultos que por “enes” motivos não conseguiram realizar-se profissionalmente naquilo que tanto desejavam em sua juventude, não fazem hoje com que seus filhos tentem realizar os seus desejos alegando ser uma excelente profissão?
 
Um outro agravante é permitir os filhos em querer sonhar com o dinheiro fácil. Toda criança e ou adolescente acreditam que ser modelo, jogador (a) profissional, cantor (a) ou ator/atriz é o tipo de carreira que proporcionará dinheiro e fama.

Sabemos que não é bem assim! Quantos que ao atingirem a fama e com ela um salário com inúmeros zeros após a virgula em tão curto tempo, não se vislumbram e acabam por cometerem delitos por se achar acima de todos? Puro despreparo psicológico.

Tais profissões se ganham muito dinheiro sim, mas é fruto de um trabalho de desenvolvimento e aprimoramento do próprio talento para tal arte, isso é claro quando há desejo e ou dom por parte da criança e ou adolescente.

Sonhar é bom, pois nos impulsiona a querer nos realizar desde que se mantenha o pé no chão e que trabalhe para que tal sonho transforme-se em realidade.

Hoje se tem que estudar muito para conseguir uma boa colocação no mercado de trabalho, pois se foi o tempo onde um jovem sem estudo e nem experiência profissional conseguia imediatamente arrumar emprego numa empresa de grande porte.

Rejane de Fátima Travaioli
Psicóloga clínica
retrava@gmail.com

Voltar

 
| Política de privacidade © 2009 Paróquia São Sebastião. Todos os direitos reservados.